***flores***

amo...

****flores***

Seguidores

jesus infantil !

corpo

sexta-feira, 20 de abril de 2012

dinâmicas para encontros com jovens

" Construindo uma fogueira" Objetivo: mostrar a importância do trabalho em equipe Material: palitos de sorvete ou de dente Procedimento: separar os participantes em grupos menores de pelo menos 5 componentes. Dar a cada grupo um punhado de palitos e pedir que façam uma fogueira. Cada equipe poderá pegar palitos dos outros grupos, mas deverá proteger os seus. O líder da brincadeira deverá observar e depois ressaltar quem fez o quê em cada grupo e ressaltar os que tentaram fazer tudo sozinhos, os que ficaram só olhando, os que foram tentar pegar palitos dos outros grupos por iniciativa própria e os que souberam liderar e delegar tarefas igualmente. A mesagem é que todas estas atitudes fazem parte da rotina do trabalho em equipe (feliz ou infelizmente) e cada um deverá analisar-se e pensar no que pode estar melhorando. Contribuição enviada pela usuária: Valéria Bianconi- Campinas -SP " Toca do coelho" Objetivo: quebrar o gelo fazendo com que o grupo participe da atividade e principalmente que haja integração entre o mesmo. Material: Procedimento: formar vários grupos de três pessoas, sendo que dois participantes vão dar as mãos simulando uma toca e o outro participante é o coelho que ficará dentro da toca, num determinado momento o professor ou instrutor da um sinal e todos os coelhos devem trocar de toca, e depois todas as tocas trocam de lugar. Após e num determinado momento o professor ou instrutor fala em voz alta ventânia e todos se dispersam como se estivesse ventando. Após alguns segundos formam novamente grupos de três. OBS: pode ser aplicado com pequenos e grandes grupos, e o tempo é livre teminando quando todos trocarem de lugar várias vezes. Contribuição enviada pela usuária: Valéria Bianconi- Campinas -SP "do abraço" Objetivo: sugiro uma diâmica que criei, tendo em vista o estreitamento dos laços Material: cestinha, papel, caneta Procedimento: Escrever os nomes de todos os participantes que já se conheçam mas que ainda não possuem laços definidos, como grupo de jovens de evangelização, colocar todos os envelopes em uma cestinha e pedir que todos tirem um papel, quando todos tiverem tirado o papelzinho, solicitar que o primeiro que tirou leia o nome em voz alta da pessoa e uma característica do colega, este que foi chamado levanta-se e dá um abraço no colega, e lê o seu papel e assim por diante. Contribuição enviada pela usuária: Patricia ALine Von Schusterschitz Smith - Macapá AP " União de uma Equipe" Objetivo: Essa dinâmica trata de como a união em grupo é importante e como um grande contato físico entre os participantes faz com que haja um grande interação entre os mesmos! Material: Local amplo Procedimento: O coordenador orienta a todos a se pegarem pelos braços bem apertados fazendo uma roda, ele sai da roda e tenta entrar, sendo impedido pela união dos braços, mostra que a união impede idéias contrárias. Em seguida pede que dois do grupo o se unam a ele aos braços, ele deixa cair-se pedindo que seus companheiros o segurem, mostrando como um amigo do grupo pode sustentar o outro impendindo que caia! Contribuição enviada pelo usuário: Leonardo Nathan - Araguari MG " do objeto pessoal" Objetivo: Comprometimento Material: Objeto pessoal, Procedimento: Solicitar ao grupo que traga de sua residência qualquer objeto de muito apego(valor emocional). Fazer um sorteio(como se fosse amigo secreto) e trocar os objetos. O coordenador estabelecerá um período (1 semana) para que um guarde o objeto do outro com muito carinho e troque bilhetinhos a fim de descobrir segredos sobre o colega e o objeto. Na data marcada, estes destrocarão seus pertences contando um pouco do que descobriram do outro e do objeto deste, além do cuidado especial que tiveram com o objeto. Resultados: certa vez uma colaboradora trouxe um pacote de doce e entregou para a colega, a outra comeu tudo e no dia não tinha nada para falar nem para devolver para a amiga. Sugestão: pode ser feito com plantas Contribuição enviada pelo usuário: Ruth Alves - SP " da calha" Objetivo: Percepção + trabalho em equipe+disciplina Material: Cortar tiras de cartolina (larga+/- 15cm e 50cm de cumprimento), bolinha pequena e balde Procedimento: Levar a bolinha até o balde numa tira de cartolina Dividir a equipe em dois grupos. Marcar um ponto de partida e o tempo (30 seg) para conduzirem a bolinha da partida até o balde (analisar a distância de acordo com o número de participantes) com algumas observações: -Os participantes não poderão deixar a bolinha voltar na cartolina, sempre que isso ocorrer a bolinha volta ao início (largada). -Deverão conduzir a bolinha dentro das tiras de cartolina em formato de calha. O grupo deverá ter a percepção que ficando um ao lado do outro a bolinha chegará ao balde. Assim que a equipe chegar a essa percepção, dificultar afastando o balde para mais distante, para que estes percebam a necessidade de sair do lugar e ir para o final colocando a calha ao lado do amigo e assim sucessivamente até que a bolinha chegue ao balde. Contribuição enviada pelo usuário: Ruth Alves - SP " da confiança" Objetivo: confiança que temos que ter no amigo do trabalho, espirito de equipe e valorização de pessoas. Material: Espaço físico Procedimento: Pedir para o grupo de posicionarem um de costas para o outro, mas devem encostar mesmo, ombro a ombro. Em seguida pedir para que cada dupla se abaixe até o chão sem colocar as mãos no chão. Alguns vão cair, outros vão conseguir, esta dinãmica é muito engraçada e é recomendada a aplicação para um dia em que se espera um maravilhoso faturamento. Fechar falando da confiança que temos que ter no amigo do trabalho, espirito de equipe e valorização de pessoas. Contribuição enviada pelo usuário: Rodson Alves de Souza - Muriaé - MG "não estamos sozinhos" Objetivo: Melhorar a confiança nos outros. Material: Ambientes diferentes e vendas para todos os participantes. Procedimento:É necessário ajuda para essa dinâmica. Vendar os olhos de cada partipante, e conduzí-los até seus lugares sem dizer nada. Se possível descalços. Colocar em seu lugar e tirar as vendas dos olhos. Cada pessoa entra sendo conduzida, sem ver que outros estão vedando. Se possível, colocar obstáculos, algo que pisem sintam a diferença do chão. Depois que todos estiverem em seus lugares o bate-papo é confiança, não estamos sozinhos, sempre tem alguém a nos ajudar a executar tarefas, basta confiar. Contribuição enviada pela usuária: Valquiria D'andrea - fotógrafa - Máúa - SP : " de conhecimento e entrosamento de grupo" Objetivo: Conhecimento e entrosamento do grupo. Material: com balões conforme o número de participantes. Procedimento: COLOCAR O GRUPO EM CíRCULO; DISTRIBUIR UM BALÃO PARA CADA UM; CADA PARTICIPANTE, INCLUSIVE O COORDENADOR FALARÁ ALGO BOM QUE LHE ACONTECEU NA VIDA, EX: MEU CASAMENTO....MEU NAMORADO....O NASCIMENTO DO MEU FILHO....O NASCIMENTO DA MINHA NETA....MINHA PROMOÇÃO NA EMPRESA....COMPRAR MINHA CASA PRÓPRIA....MEU PRIMEIRO CARRO....MINHA FORMATURA....ETC ETC...CADA VEZ QUE A PESSOA CONTA UMA COISA BOA VAI ASSOPRANDO O SEU BALÃO, O CIRCULO VAI SE REPETINDO E CONTANDO COISAS BOAS ATÉ QUE O BALÃO ENCHA (SE ESTOURAR PASSE OUTRO BALÃO P/ O PARTICIPANTE). DEPOIS DE ENCHEREM TODOS OS BALÕES....UNS MAIS OU MENOS CHEIOS CONFORME A PESSOA COMPARTILHAR COISAS BOAS QUE LHE ACONTECEU....ENTÃO TODOS DÃO UM NÓ NO BALÃO E JOGAM PARA CIMA....APÓS ALGUNS MINUTOS BATENDO TODOS EXPLODIRÃO OS BALÕES....SIMBOLIZANDO O COMPARTILHAR DE COISAS BOAS DE UNS PARA OS OUTROS NO GRUPO, NO AMBIENTE DE SALA DE AULA.....AO FUNDO UMA MÚSICA SUAVE OU BEM CONHECIDA PARA TODOS CANTAREM JUNTOS. ESSA DINÂMICA TENHO USADO NOS CURSOS DE TÉCNICO DE ENFERMAGEM NO PRIMEIRO DIA DE AULA OU ENCERRAMENTO DE ESTÁGIO NOS HOSPITAIS E TEM SIDO MUITO GRATIFICANTE O RESULTADO. Contribuição enviada pela usuária: Cleudinéia Mello - Campo Grande - MS - Enfermeira "do desapego" Objetivo: interação do grupo Material: caixa de bombom, lápis e papel Procedimento: Selecione números conforme os números de participantes, nesses números você escolherá o número que será sorteado (o critério será conforme o seu objetivo). Sorteie um embrulho de presente e nele um dizer: _"passe esse presente a uma pessoa a quem você ainda não teve a oportunidade de lhe dizer o quanto ele é importante para as outras pessoas". O que receber o presente fará a mesma coisa, passará a outro e dizer o porquê. A última frase será o numero sorteado é o nº. tal. Contribuição enviada pela usuária: Maria Lira - Rio Brano Acre - AC - professora "das frases" Objetivo: Material: Caneta e Papel Procedimento: Formular frases sobre o tema a ser discutido, em torno de 10 frases afirmativas; certas ou erradas. Distribuir as folhas e solicitar que as pessoas procurem perguntar as colegas se sim ou se não concordam com a afirmativa; somente uma pergunta para cada participante. Cada pessoa vai ser procurada por dez pessoas para responder. Explique que deverá escrever S para sim N para não e o nome da pessoa que respndeu frente da resposta dada para identificar quem respondeu. Diga que quem acabar primeiro grita BINGO! Presenteie com uma caixa de bombom o vencedor e o convide para ficar na frente e ler as frases; as respostas e sua explicação. Quem respondeu também vai explicar a sua resposta ao público. O tema será largamnte discutido por todos e o coordenador fará a complementação se for necessário. Espero que gostem! Contribuição enviada pela usuária: Margot Ribeiro - Bauru SP - assistente social "do chega mais" Objetivo: O objetivo dessa dinâmica é a aproximação com as pessoas, conquistar confiança e principalmente o respeito. Material: Espaço físico amplo, cd, aparelho de som. Procedimento: Os participantes deverão andar soltos pela sala ou espaço, ouvindo uma música. Haverá uma pessoa comandando, e quando a música pára, pede para o participante procurar um parceiro que esteja usando uma peça de roupa com a cor parecida com a sua, ou usando algum acessório parecido com o seu. Pede para os pares se cumprimentarem com o aperto de mão. Depois, volta a música, andam, pára a musica e sugira outra coisa: quem nasceu em mês par procure um parceiro que nasceu em mês par, impar com impar, assim vai. As mãos deverão estar para trás. Batem bumbum com bumbum. Fazer esta atividade sempre uma parte diferente do corpo sem repetir, e sem repetir parceiros. Quando chegar na última rodada, cumprimentar pelo nariz. Contribuição enviada pelo usuário: Anderson Pedro - Professor - Ourinhos - SP "da Bola(balão, bexiga)" Objetivo: Testaremos a atitude de cada participante e sua coragem e se é uma pessoa que corre atrás de seus objetivos. Material: Bola de festa e Barbante. Procedimento: -Como funciona: todos participantes devem estar com uma bola de festa(balão, bexiga) amarrado em suas pernas, com um barbante. -Objetivo: os participantes tem que proteger a bola para que não estourem. Informar antes de começar a brincadeira. Contribuição enviada pela usuária: Heloisa Santos - Professora - recife -PE - " da bexiga(balão) da vitória" Objetivo: Desenvolver o espírito de equipe e liderança Material: bexiga, barbante Procedimento: Ao fim de alguma apresentação, entrego uma bexiga para cada uma das pessoas em sala, com um barbante preso em seus punhos. Todas as bexigas(balões) estarão escrito VITÓRIA. Falarei a eles: - Cada um de vocês está segurando uma vitória em mãos, no entanto temos apenas um prêmio. Logo vocês têm uma tarefa, devem cuidar da vitória que têm em mãos e estourar a vitória de seus oponentes, a última bexiga que resistir será a única vitoriosa. Só há um detalhe, a vitória que vocês têm em mão não é de vocês, em cada uma das bexigas está o nome de um companheiro de classe de vocês e o premiado será ele e não vc. Vc apenas o representará, veremos quem seria o melhor procurador...comecem no apito e não se preocupem, o grupo ficará responsável pela limpeza da sala. Eles estourarão e antes que estourem a última, nos apitamos denovo. Sobrará apenas uma, então pediremos que a pessoa estoure sua bexiga e lá estará seu próprio nome, porque: O BOM PROCURADOR É AQUELE QUE CUIDA DA VITÓRIA DOS OUTROS COMO SE FOSSE SUA PRÓPRIA VITÓRIA!!!!! PARABÉEEEEENS!!! Contribuição enviada pela usuária: Renata Daré - secretária -Osasco/SP - E-mail: renata_dare@hotmail.com "Feitiço contra o feiticeiro" Objetivo: Moral: Não deseje para os outros o que você não gostaria que fizessem com você. Material: Folhas chamex cortadas ao meio, caneta ou lápis. Procedimento: Faz-se um círculo e entrega-se meia folha para cada um e cada qual com sua caneta e pede-se a eles que escrevam algo que gostariam que o colega fizesse (mico mesmo), lembrando que eles devem escrever para eles, nenhum colega poderá ver. Após isto, recolhe-se os papeis e revela-se o que eles escreveram. O que eles escreveram sreá o que eles próprios irão fazer no centro da roda. Contribuição enviada pela usuária: Cláudia - Varre-Sai/RJ - E-mail: caca_claudinha@yahoo.com.br "falando dos outros pelas costas" Objetivo: mostrar as pessoas que é muito mais fácil (e errado) falar as coisas pelas costas, do que admitir sua concepção. Material: pedaços de papel, caneta e fita adesiva. Procedimento: o orientador cola um pedaço de papel nas costas de cada participante, então, pede para que eles saiam andando pela sala e escrevam uma palavra nas costas de seus colegas, para assim, definir cada um. Ao termino, o orientado diz 'viu como vocês ficam falando dos outros pelas costas?', somente para a maior descontração. Então pede-se para que cada um retire o papel de suas costas, leia suas qualidades ou defeitos escritos (ver como as pessoas lhe enxergam) e guarde consigo para lembrar de continuar com as características boa e tente melhorar as ruins. Contribuição enviada pela usuária: Nayara Marcondes Viana - Curitiba - PR E-mail: nayara_0510@hotmail.com "Eu te Amo" Objetivo: interagir o grupo e explorar determinada temática. (corpo, cores, formas...) Material: cadeira Procedimento: em círculo pedi para que uma pessoa fique no meio do círculo e retire a cadeira. No círculo escolha um membro e diga: _Eu te amo! O outro pergunta _ Porque você me ama? ele responde: _porque você está de blusa, por exemplo. E todos que estiverem de blusa tem que mudar de lugar. Sempre uma pessoa ficará de pé, e assim sucessivamente. Contribuição enviada pela usuária: FRANCISCA ANTÔNIA DOS SANTOS NERI - Professora - Palmas - TO - E-mail: franciscaneri@yahoo.com.br "Caderno dos sentimentos" Objetivo: auxiliar o aluno no relacionamento com o outro e principalmente a controlar e evadir seus sentimentos. Material: Caderno e lápis Procedimento: é um caderno onde os alunos fazem uma espécie de álbum, com a diferença que eles vão anotar o que gostam e o que não gostam de fazer ou viver. Contribuição enviada pela usuária: FRANCISCA ANTÔNIA DOS SANTOS NERI - Professora - Palmas - TO - E-mail: franciscaneri@yahoo.com.br "Pintura Moderna" Objetivo: explorar a criatividade e oralidade do indivíduo. Material: Folha de papel e 3 tintas primárias Procedimento: pegue uma folha e pingue três gotas de tintas nas cores primárias, após colocar a tinta dobrar a folha ao meio e espalhar a tinta com a folha dobrada. Em seguida abri-la e tentar dá uma forma ao desenho; Contribuição enviada pela usuária: FRANCISCA ANTÔNIA DOS SANTOS NERI - Professora - Palmas - TO - E-mail: franciscaneri@yahoo.com.br " do Corpo Humano (aulas de ciências)" Objetivo: interação e trabalho em grupo Material: folha sulfite, lápis de cor, fita crepe Procedimento: Para essa atividade a classe deverá se agrupar em seis equipes. Cada equipe receberá de seu professor uma folha sulfite e lápis de cor . As equipes deverão desenhar em apenas 10 minutos uma das partes do corpo humano indicadas a seguir : 1º grupo: cabeça e pescoço; 2º grupo : tronco; 3º grupo: braço direito; 4º grupo: braço esquerdo; 5º grupo: perna direita; 6º grupo: perna esquerda. Finalizada a tarefa, um representante de cada grupo deverá se levantar e colar com fita crepe num painel as partes desenhadas compondo o corpo humano num todo. Em debate coletivo argumentem sobre o resultado do trabalho que as equipes elaboram individualmente. Pensem em estratégias que facilitem o trabalho coletivo. Se a classe for numerosa faça mais equipes. É muito divertido Contribuição enviada pela usuária: Fabiana Santos - Professora - Itapetininga - SP E-mail: fabiana_santtos@ibest.com.br "da caixa invisível" Objetivo: Interação Material: sala(espaço) Procedimento: DESENVOLVE O TRABALHO EM GRUPO E O COMPARTILHAMENTO DE IDEIAS COMUNS. DIVIDE-SE O GRUPO EM DOIS E UMA PESSOA (NEUTRA) FICA ABAIXADA SIMULANDO ESTAR NO INTERIOR DE UMA CAIXA. ELA NÃO PODE SE MEXER. O ORIENTADOR FAZ MÍMICAS EM TORNO DA PESSOA ABAIXADA PARA OS GRUPOS IMAGINAREM UMA CAIXA INVISÍVEL EM TORNO DELA. OS GRUPOS DEVEM TENTAR LIBERTAR A PESSOA DA CAIXA SEM LEVANTÁ-LA. O QUE ELES DEVEM FAZER, É TER A IDÉIA DE TIRAR A CAIXA POR CIMA, MAS NÃO DEVEM SABER DISSO ATÉ QUE PENSEM NESSA POSSIBILIDADE. O IDEAL É QUE OS GRUPOS CRIEM UM VERDADEIRO MERCADO DE PEIXE AO TENTAR IMAGINAR UMA SAíDA É SIMPLES, MAS SE OS GRUPOS FOREM COESOS, TODOS DESCOBRIRÃO COM FACILIDADE. Contribuição enviada pelo usuário: UBIRAJÃ GONÇALVES - psicopedagogo - SP E-mail: ubirajag@itelefonica.com.br " técnica do jornal" Objetivo: Material: Folhas de jornal. Duração: 5 a 10 minutos. Participantes: 15 a 29 pesoas. Formação: Circulo. Procedimento: Cada pessoa recebe uma folha de jornal, abre e coloca no chão a sua frente. O facilitador fala: DENTRO "todos pisam no jornal", depois fala: FORA "todos pisam fora do jornal", depois fala: TROCA DE LUGAR "a pessoa pisa no jornal do colega ao lado". Após algum tempo um dos jornais é retirado e quem sobrar fica junto com um colega sobre o jornal dele. E assim sucessivamente vão se tirando os jornais até que não caiba mais todo mundo no mesmo jornal. Contribuição enviada pela usuária: Mirella Brito - educadora física - fortaleza - CE E-mail: millica10@hotmail.com " Ali ba ba e os quarenta ladrões" Objetivo: concentração e memorização. Formação: Circulo. Participantes: indeterminado. Duração: indeterminada. Procedimento: O primeiro inicia fazendo um movimento qualquer e cantando a música. O segundo repete o que primeiro fez acrescentando mais um movimento. O terceiro mais um movimento e assim sucessivamente.. Vai saindo da brincadeira ou paga uma prenda quem errar a combinação dos movimentos. Contribuição enviada pela usuária: Mirella Brito - educadora física - fortaleza - CE E-mail: millica10@hotmail.com "Teia de Aranha" Objetivo: Mostrar que em um trabalho em grupo, todos devem permanecer unidos. Material: Um rolo de barbante Procedimento: Peça que a turma que fique em círculos. Segure a ponta do barbante e jogue o rolo para outra pessoa que esteja no lado oposto ao seu. Esta pessoa deve segurar uma parte do barbante de modo que não fique frouxo, e jogar para outro colega distante, e assim sucessivamente, até o último participante. Depois peça que um ou dois deles solte(m) o barbante. A teia se desmancha, ou fica frouxa. Então explique que em um trabalho em grupo acontece a mesma coisa. Se um do grupo abandona o trabalho ou o faz de maneira desinteressada, isso implicará na realização de todo o trabalho. Portanto, devemos cooperar e ter responsabilidade diante dos nossos compromissos, principalmente quando envolve outras pessoas. Outra variação: Dinâmica do "Rolo de Barbante" Contribuição enviada pela usuária: Thaiane de Souza Tavares - Salvador - Ba - Professora E-mail: thaianestavares@yahoo.com.br " Expectativas em alta " Objetivo: Essa dinâmica serve para descontrair e alinhar as expectativas do grupo. Material: balão (bexiga) vazia, pedaço de papel e caneta, flip chat, Procedimento: Ao início do treinamento distribuir para cada participante uma bexiga vazia e um pedaço de papel. Pedir que eles escrevam uma palavra que resuma o que eles esperam ao final do treinamento. Pedir que coloquem o papel dobrado na bexiga, encham e deem um nó na ponta. Agora com uma música animada ao fundo, pedir que eles joguem as bexigas para o alto e não deixem cair (Estimular para que não deixem a expectativa cair!). Rapidamente todos ficam muito descontraidos e as bexigas misturadas. Parar a música, pedir para que cada um estoure uma bexiga e leia o papel. Cada expectativa será anotada num flip chat e ao término do treinamento o instrutor verificará com os participantes se as expectativas foram atendidas. Contribuição enviada pela usuária: Cláudia S.Pinto - Rio de Janeiro - Consultora de Qualidade - E-mail: claudia@engenews.com.br " de descontração" Objetivo: Descontração e raciocínio Participantes: Número de Pessoas em aberto. Procedimento: Facilitador explica que trata-se de uma 'brincadeira' Piquenique. E para ir ao piquenique, cada um terá de levar alguma coisa. Explica também que esta brincadeira tem um critério, e que de acordo com este critério ele dirá se pode ou não pode levar. Critério: inicial do seu nome. O critério não é revelado. Então por exemplo: a Maria poderá levar mamão, mortadela, mas não poderá levar Refrigerante, mas o Rafael pode. A brincadeira acaba quando se descobre o critério. Contribuição enviada pela usuária: Maria Aparecida Rodrigues dos Santos Neves - SP - Psicóloga E-mail: cidpsi@bol.com.br " palavra-chave" Objetivo: Ótimo para desenvolver a oralidade, imaginação e preparar o aluno para a sequência de idéias para escrita de redações. Participantes: Número de Pessoas em aberto. Material: Cadeiras para se sentarem Procedimento: os participantes deverão sentar-se em cadeiras em uma roda. Um deverá estar em pé ao centro e dirá uma palavra-chave. A partir daí dará inicio ao conto de uma estória ou fato. Quando disser dentro de sua estória a palavra-chave todos deverão mudar de lugar e o que estava em pé deverá tentar sentar. Quem ficar em pé deverá dar continuidade a stória ou dizer outra palavra-chave e iniciar outra estória. Contribuição enviada pela usuária: Maria de fátima SP - Professora E-mail: falukaspg@hotmail.com "dos bancos" Objetivo: Essa dinâmica mostra a importância da auto-confiança e da relação de confiança com outras pessoas. Participantes: x Material: 4 bancos sem espaldar Procedimento: colocar 4 bancos sem espaldar de forma que os participantes possam sentar de costas um para o outro bem próximos. Ao comando do instrutor devem deitar-se no colo do colega de trás. Após, os bancos devem ser retirados, e cada participante deve sustentar o outro em suas pernas/colo, de forma que fiquem os 4 suspensos no ar, sem apoio. Contribuição enviada pelo usuário: Rafael Lopes Pimpão -Uruguaiana RS- E-mail: rafael.pimpao@brturbo.com.br "Galo de Briga" Objetivo: Aprimorar o grupo a se conhecer(dar muita rizadas...) Participantes: x Material: Fita OU Alfinete,papel,canetinha. Procedimento: 1ºPASSO:Escreva qualquer nome(objeto) em 2 pedaços de papel. 2ºPASSO:Selecione dois integrantes do grupo e cole o papel na costas deles. 3ºPASSO:Ao sinal,fale para que els tentem ler o que está escrito no papel do adverssário. E ASSIM POR DIANTE... Contribuição enviada pela usuária: Daiane Santos Rodrigues - Franco da Rocha SP - E-mail: dai_h_atinha@hotmail.com "dos três animais " Objetivo: é mostrar que os animais são seres vivos e que vivem junto a nós no nosso meio, o Planeta Terra, e que devem ser amados e respeitados por todos nós! Participantes: x Material: Pedaço de papel e caneta Procedimento: Pede-se para a turma escrever em um pedaço de papel três nomes de animais, ou seja, o que vier a mente. Depois de escrevê-los todos deverão identificar seu nome nos respectivos papéis. Logo após fazerem isso, o professor pedirá que troquem seus papéis uns com os outros, dai o dinamizador irá explicar que: o primeiro animal seria aquele que a pessoa gostaria de ser, o segundo é o que as pessoas pensam que ele é, e por fim o terceiro seria o que realmente ele é. A brincadeira termina com muita algazarra, sorrisos e aplausos. "Balão Bebê" Objetivo: estimular a responsabilidades e o lado afetivo, alem de trabalhar motivação. Participantes: x Material: tiras de palel, bexigas de ar e pincel atomico. Procedimento: pedir primeiro que os alunos coloquem no pedaço de papel um sonho mais importante que têm, depois distribua uma bexiga para casa participante e peça para que coloquem o pedaço de papel dentro do balão, depois encha-o bastante e amarre-o, após com o pincel desenhe um rosto e dê um nome a bexiga, então você dirá a eles: _ vocês têm de cuidar da bexiga como se fosse um filho, não podem deixá-lo longe de vocês, nem sozinho, se alguém encontrar um balão só poderá estourá-lo. Essa dinâmica deve ser feita no fim de um dia e terminar no fim do outro dia, devem levar a bexiga para casa e cuidar até o término da dinâmica. Ao final você dirá: O QUE VOCÊ TEM FEITO PELO SEU SONHO PARA QUE ELE SE REALIZE? TEM CUIDADO DIREITO SE ESFORÇADO PARA QUE CHEGUE LÁ? VOCE DEIXOU QUE OS OUTROS DESTRUíSSEM SEU SONHO OU VOCÊ MESMO O DESTRUIU? No fim é bom premiar os vencedores com uma caixa de bombom, assim podem dividir o prêmio se houver mais de um vencedor. É MUITO LEGAL E FOI FEITA COM PROFESSORES DE EDUCAÇAO FISICA NA FORMAÇÃO CONTINUADA DE ARRAIAS-TO

Um comentário:

Catequese Kids disse...

Obrigada por partilhar conosco deste material tão rico!!!!

Um ótimo fim de semana!

Beijos,
Layse

jesus infantil...

eu sou...

tenha um belo dia!

Image and video hosting by TinyPic